SEO on-page: Anatomia Perfeita de uma Página.
SEO on-page

Guia SEO on-page 2016: Anatomia Perfeita de uma Página.

Olá Amigos Leitores, hoje vamos falar sobre SEO on-page. Muito provavelmente você já deve ter ouvido falar sobre metas tags, densidade de palavras chave, robots.txt, sitemap.xml etc..

Por isso preparamos um checklist simples de SEO on-page, que irá gerar mais visitas para o seu site.

Checklist de SEO on-page

  1. Comece a tag title com sua palavra chave. A tag title é o fator mais importante para SEO on-page. Quanto mais próximo do inicio da tag title estiver sua palavra chave mais peso e importância terá para os mecanismos de Busca.
  2. Use URL’s Amigáveis. Evite urls do tipo: inboundlabs.com.br/07-6-15/category-id-1924/ . Ao contrário disso, use uma URL curta e rica na palavra chave exemplo: inboundlabs.com.br/seo-on-page. Um estudo sobre SEO descobriu que URLs mais curtas tem uma melhor classificação nos resultados do Google.
  3. Inclua qualificadores no título. Adicionando qualificadores como “Avaliação“, “2016“, “Guia“, “melhor“,  ajudam a rankear termos de cauda longa de sua palavra chave.
  4. Coloque sua palavra chave na tag <h1>. A tag H1 é o título da página, a maior parte dos gerenciadores de conteúdo, como WordPress, adicionam de forma automática a tag H1 no título do artigo. De qualquer forma, verifique o código do teu site para certificar que seu título esteja dentro da tag H1.
  5. Use subtítulos com a tag <h2>. Inclua sua palavra chave no final dos subtítulos da página com a tag H2
  6. Abuse das multimídias. Imagens incríveis, vídeos, infográficos, etc, diminuem a taxa de rejeição e aumenta o tempo na página. 2 Fatores críticos e importantes de interação do usuário para classificação no Google.seo-on-page-otimizacao-de-imagens
  7. Coloque sua palavra chave dentro das 100 primeiras palavras. Sua palavra chave deve estar dentre as 100 primeiras palavras do seu artigo ou sua página.
  8. Design Responsivo. O Google começou a penalizar sites que não tem uma versão mobile em 2015. E com certeza irá ser mais criterioso e exigente quando à experiência mobile no futuro. Se você não quiser ser penalizado, eu recomendaria providenciar o design responsivo do seu site.
  9. Use Links Externos. Links externos para páginas relacionadas ao assunto é um sinal de relevância que ajuda o Google a descobrir o tema da sua página. Um estudo recente descobriu que páginas com links externos recebem uma pontuação maior do que páginas que não possuem.
  10. Use Links Internos. Inclua 2 ou 3 links internos para cada post. Isso ajuda o Google a mapear outras páginas de seu site e aumentar a relevância de suas páginas.
  11. Site Rápido. O Google já anunciou que o tempo de carregamento de uma página é critério para classificação nos resultados de busca e a MunchWeb descobriu um estudo que 75% dos usuários não voltam a visitar um site que leva mais do que 4 segundos para carregar. Você pode melhorar o tempo de carregamento do seu site usando um CDN, otimizando imagens e até mudando de hospedagem.
  12. Espalhe Palavras Chave LSI. Palavras Chave são sinônimos que o Google usa para determinar a relevância e qualidade de uma página.
  13. Otimização de imagens. Renomeie cada imagem que adicionar em seu site com sua palavra chave bem como, adicione sua palavra chave no atributo alt da imagem.
  14. Use botões de interação Social. Sinais sociais não influenciam diretamente os resultados de busca. Mas as interações sociais geram engajamento e visibilidade e que provavelmente alguém irá compartilhar. Um estudo realizado pela BrighEdge concluiu que botões de interação social podem aumentar o compartilhamento em 700%.
  15. Prefira conteúdos mais completos. O ditado “tamanho não é documento” não funciona para SEO on-page. Conteúdos mais completos tendem a ter um classificação significativamente melhor e mais rápida no Google do que conteúdos mais superficiais.
  16. Melhorar o Tempo de Permanência no site. Se um visitante acessa uma página do seu site e sai logo em seguida, é um sinal de que essa é uma página de baixa qualidade. É por isso que o Google usa o tempo de permanência no site para determinar a qualidade do seu conteúdo. Use estratégias para aumentar o tempo médio de seu site com conteúdos atrativos e envolventes para seus visitantes continuarem lendo.

Bom pessoal, esses são passos simples de SEO, mas que muitas vezes grandes sites não colocam em prática. E você o que tem feito para atrair visitantes ao seu site por meio de visitas orgânicas?

Daniel Macedo

CEO & Founder em Inbound Labs
Empresário, especialista em negócios na internet e Marketing Digital. Podcaster,blogueiro, violinista e pianista (curioso).

Últimos posts por Daniel Macedo (exibir todos)

Não é apenas o nosso trabalho. É nossa Paixão!
Nos orgulhamos do que criamos e nos orgulhamos uns dos outros.

© 2017 InboundLabs. Powered With s2 by Inbound Labs Team