Link Building - Entenda, Reconheça e Coloque em Prática | InboundLabs
Link Building

Link Building – Entenda, Reconheça e Coloque em Prática

O que é Link Building?

Quando falamos em Link Building, ainda podemos encontrar muitas expressões de dúvida em profissionais ou estudantes de SEO. A falta de maturidade que se vê acerca de link building no Brasil provém, provavelmente, do desconhecimento da importância dessa prática e suas estratégias para os mecanismos de busca.

O Link Building consiste, literalmente, em “construção de links”; ou seja, é a arte de conseguir, de forma natural, um bom conjunto de links que apontem para o seu site. Mas repare que eu disse um um bom conjunto de links, e não o maior número possível de links: nesse caso a qualidade é muito superior à quantidade. Quando um blog relevante para o Google tem um link direcionado para o seu, o Google entende aquilo como uma espécie de “voto”, partindo do pressuposto de que bons sites têm bons relacionamentos dentro da internet. É como se aquele site de boas métricas transferisse um pouquinho do seu valor para o site linkado. Parece bom, não parece? E é.

Link building ontem x Link building hoje

Nem sempre o algorítimo do Google foi aperfeiçoado como é atualmente. Há cinco anos atrás, por exemplo, os critérios com relação a qualidade de conteúdo eram afrouxados, qualquer link transmitia valor, a localização do link não tinha grande importância e o algorítimo pouco podia distinguir um link útil de um link feito exclusivamente para angariar boas posições.

Hoje em dia, após suas duas últimas atualizações, o Google Panda e o Google Penguin, o algorítimo não mais se comporta como um robô facilmente manipulável. Seus critérios se estreitaram e o trabalho do profissional de SEO começou a ficar um pouco mais complexo. Dentro de um panorama geral, as mudanças do Google que tem alguma relação com link building são:

  • Valorização do conteúdo de qualidade: conteúdo sem relevância para o público-alvo do seu site, sem informações expressivas, com muitos erros de português e claramente gerados para espalhar links serão pegos.
  • Linha editorial: o campo semântico bem definido de um site é um diferencial e tanto para SEO hoje em dia. Sites com linha editorial muito genérica ou duvidosa tendem a não ser bem avaliados pelos mecanismos de busca, com algumas exceções.
  • Localização do link: antigamente, links nos rodapés, nos cantos e fora do espaço do conteúdo poderiam transmitir valor. Hoje em dia, é mais provável que sejam considerados black hat e o site seja punido. A forma mais segura e eficaz de agregar valor a um link é colocá-lo de forma natural dentro de algum artigo bem elaborado.

Do que depende a eficiência de uma estratégia?

No Brasil, as estratégias de link building mais comuns giram em torno de comentários em blogs e submissão em diretórios de artigos, de links, e agregadores de notícia. O que se tem a dizer sobre essa categoria de site é óbvio: quanto menor o critério de avaliação sobre o conteúdo e seus autores, menor a qualidade dos mesmos, menor a avaliação do site, menor sua relevância e menor as vantagens para você em ter um link lá. Em alguns casos, esses links podem até prejudicar seu blog, então tome muito cuidado.

A técnica de link building mais usada no exterior, onde o mercado é mais experiente, é o guest blog, seguida por diretório de links, divulgação de press release, link bait e blog networking. Ao avaliar as duas situações, podemos perceber que as duas grandes chaves para um bom trabalho são relacionamento e naturalidade. Vamos dissecar abaixo duas estratégias que envolvem diretamente essas duas chaves.

Guest Blog

Guest blog é a prática de publicar como autor convidado em um outro blog que não seja o seu. A estratégia envolve relacionamento e beneficia tanto o proprietário do site em que seu artigo foi publicado, quanto você ou o site para o qual você direcionou o link presente no conteúdo. Mas duas coisas devem ser minuciosamente analisadas dentro desse processo: o site onde você escolheu publicar e a relevância do artigo escrito por você. Avalie no site números como Page Rank, Page Authority e Domain Authority; quanto ao conteúdo que será publicado, escreva-o pensa do no target bem definido do site, supra suas necessidades e seja original. Com guest posts você tem a chance de ganhar reputação como uma autoridade no seu ramo, atrair um novo público para o seu blog, conquistar a confiança de grandes proprietários e divulgar seu trabalho para outros leitores sem nenhum custo.

Link Bait

Link bait, em tradução livre, significa “isca de link”, e é nisso mesmo em que ele consiste. Ele se refere diretamente a um conteúdo que tem o objetivo de atrair compartilhamento. É um conteúdo geralmente muito útil e próximo às pessoas, por isso muito efetivo na hora de conseguir links naturais. Alguns formatos-isca muito comuns e eficientes são:

  • Tutoriais
  • Guias
  • Infográficos
  • Vídeos
  • Conteúdo humorístico
  • Manuais
  • Rankings
  • Estudos

Conclusão

Link building white hat é possível, ao contrário do que se pode dizer por aí. As dificuldades muitas vezes encontradas na hora de conseguir um bom link são, na verdade, apenas mais um indício da importância dessa prática dentro de um trabalho completo de SEO – que nunca será realmente completo sem um conjunto de estratégias bem elaboradas e eficientes sobre os tão desejados links.

Até o próximo post!

Daniel Macedo

CEO & Founder em Inbound Labs
Empresário, especialista em negócios na internet e Marketing Digital. Podcaster,blogueiro, violinista e pianista (curioso).

Últimos posts por Daniel Macedo (exibir todos)

Não é apenas o nosso trabalho. É nossa Paixão!
Nos orgulhamos do que criamos e nos orgulhamos uns dos outros.

© 2017 InboundLabs. Powered With s2 by Inbound Labs Team